domingo, 24 de abril de 2016

PT vive onda de deserções e perde 1 de cada 5 prefeitos

A janela de filiação partidária aberta no mês de março e a possibilidade de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) impulsionaram o movimento de debandada de prefeitos petistas para outros partidos.

A seis meses das eleições municipais, levantamento no sistema de filiação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aponta que, de cada cinco prefeitos do PT eleitos em 2012, um deixou o partido.

Os dados mostram filiações e desligamentos concluídos até 15 de abril.

Ao todo, 135 dos 638 prefeitos eleitos pelo PT pediram desfiliação ou foram expulsos do partido.

Essa conta inclui gestores que renunciaram ou foram cassados.

por Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário