quarta-feira, 16 de março de 2016

Lula aceita convite de Dilma e assumirá Casa Civil

Marisa, Dilma e Lula
Investigado na Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aceitou na manhã desta quarta-feira (16) o convite da presidente Dilma Rousseff e assumirá a Casa Civil.

O acerto foi fechado em reunião no Palácio da Alvorada, que teve as presenças também dos ministros Nelson Barbosa (Fazenda) e Jaques Wagner, que deixará o comando da Casa Civil e será chefe de gabinete de Dilma. Com isso, Wagner comandará o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, chamado de Conselhão.

O líder do PT na Câmara, Afonso Florence (BA), afirmou que a ida de Lula pra Casa Civil tem o objetivo de ajudar o Brasil a sair da crise e de evitar o processo de impeachment contra Dilma Rousseff.

"Temos um ministro chefe da Casa Civil com larga experiência para ajudar o Brasil. A decisão de Lula na Casa Civil decorre do compromisso com o país, única e exclusivamente imbuído do propósito de ajudar o país a sair da crise", afirmou o deputado, em entrevista no Salão Verde da Câmara.


Segundo o petista, a ida de Lula para o ministério não atrapalhará as investigações da Lava Jato. "Foi no mandato de Lula que a Procuradoria-Geral da República ganhou autonomia."

Nenhum comentário:

Postar um comentário