quarta-feira, 2 de março de 2016

Conheça os Lençóis Maranhenses “O único deserto do mundo com milhares de lagoas”

Considerado um dos destinos mais bonitos do país, os Lençóis Maranhenses combinam quilômetros e quilômetros de dunas branquinhas pontilhadas por lagoas de água doce, ora azuis, ora verdes. A porta de entrada para o paraíso, protegido pelo status de Parque Nacional, é o município de Barreirinhas. De lá, é dada a largada para a exploração do cenário, que fica ainda mais exuberante entre os meses de junho e setembro, quando as lagoas estão completamente cheias.

Passeios

Todas as manhãs, saem carros de tração 4×4 cheios de turistas levando para conhecer as Lagoas Azul, Bonita, da Gaivota, do Peixe entre outros. Opta-se por usar o transporte com capota ou sem.

Toyota Bandeirante com turistas 


Para chegar ao Parque Nacional, será preciso atravessar o rio Preguiça. O carro irá atravessar o rio ou em uma balsa primitiva, que é movida pela força humana, ou por uma movida a motor.
Balsa que atravessam os carros sobre o Rio Preguiças
Após, o carro percorrer uma trilha de terra, areia e riachos, verdadeira aventura, durante mais ou menos 1 hora. Chegando ao local, todos descem do carro de tração e o restante terá que ser feito a pé. Há uma duna alta para subir. No topo, a recompensa: chega-se ao céu.



A sensação é que morremos e chegamos ao paraíso. Os nomes das lagoas já dizem do que se trata: Lagoa Azul (lembra-se do filme?!) e Lagoa Bonita, de águas azuis e verdes. Para conhecer ambas, é melhor que sejam feitas duas viagens, ou seja, dois dias distintos, pois é muito cansativo fazer em um dia só.

São dunas a perder de vista, o cenário é dominado por dunas e lagoas de água doce. As grandes formações de areia alcançam até 40 m de altura e são geradas pela ação dos ventos que sopram constantemente do mar. O avanço continente adentro chega a 50 km e estende-se por cerca de 70 km de praias desertas.

Você encontrará belas imagens, ótimos cenários e uma água geladinha ao comparar com a temperatura altíssima do ambiente. Recomendamos levar muito protetor solar para que as queimaduras não estraguem o restante da viagem. Leve lanches e também uma máquina fotográfica, pois você irá querer ter aquelas imagens para sempre.







Há, também, o passeio no rio Preguiça. Aluga-se lanchas voadeiras, na cidade de Barreirinhas, para passear no rio e conhecer a praia de Caburé. Lá, há diversas pousadas e restaurantes, comidas regionais deliciosas.

Voadeiras com turistas
Outra pedida é descer o Rio Preguiças, que margeia o Parque dos Lençóis até desembocar no Oceano Atlântico. A viagem pode ser em barco de linha, barco fretado ou em voadeiras. No trajeto, são obrigatórias as paradas para aproveitar tudo o que o lugar tem a oferecer: dunas, lagoas e paisagens de tirar o fôlego. Grandes atrações do percurso são as comunidades de Atins e Mandacaru, com destaque, nesta última, para o farol, de onde se tem uma visão inigualável do Parque.

Macaco-Prego no Povoado Vassouras 
Vassouras 
Caburé 
Farol do Mandacaru 
Além dessas maravilhas naturais tem um passeio eletrizante de quadriciclo, sobre um tremendas areias para melhorar ainda mais a adrenalina.

Passeio de Quadriciclo 
Sem falarmos na deliciosa comida típica da região, aquele peixinho saboroso e um bifizinho com baião de dois de encher a boca d'água. 



Bife com baião de dois e vinagrete 
Ressalta-se a importância da preservação da natureza. O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é protegido pelo IBAMA. O turista deve ir consciente de que não pode deixar lixo nos lençóis. A conscientização é importante, uma vez que se ninguém preservar, a beleza natural deixará de existir.

Aproveite suas férias, relaxando em um ambiente paradisíaco, preservando a natureza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário