quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Faema aponta que Flávio Dino mentiu para apresentador do Bom Dia Brasil

Governador se meteu numa conversa no Twitter para alegar que o deputado Fernando Furtado não o representava em evento


Faema aponta que Flávio Dino mentiu para apresentador do Bom Dia Brasil

Com pouco menos de 10 meses de mandato, o governador Flávio Dino (PCdoB) segue faltando com a verdade nas redes sociais e sendo pego em mentira, logo em seguida. A mais nova do nariz de Pinóquio do Maranhão aconteceu no Twitter, na repercussão negativa para o governo e para o PCdoB após as declarações facínoras do deputado comunista Fernando Furtado contra indígenas da terra Awá-Guajá.

Flávio Dino diz que Furtado não o representava; Faema diz o contrário

Durante interação do jornalista Chico Pinheiro, apresentador do jornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo, com uma usuária da rede social ao compartilhar reportagem do Estadão sobre o caso, Dino meteu-se no meio da conversa alegando que Furtado não o representava do evento, nem ao governo. "@thatianap @chico_pinheiro Informo que o parlamentar não estava me representando, nem ao governo. O PCdoB já divulgou nota oficial", declarou.

Postagem feita em site próprio pela Faema (Federação da Agricultura do Estado do Maranhão) aponta, porém, que o governador do Maranhão mentiu mais uma vez.

Publicada no dia 7 de julho último, a matéria informa que o parlamentar representava o governador do Maranhão na audiência pública com produtores rurais em São João do Caru, inclusive falando em nome de Dino sobre ações do governo e ainda conclamando os presentes a participarem das ações governistas junto ao Palácio dos Leões e à Assembleia Legislativa.

"Finalizando a reunião, o deputado estadual Fernando Furtado, (PC do B), que representou o governador Flávio Dino no evento, afirmou estar ao lado produtores rurais. Falou da sensibilidade do governador maranhense para com os menos favorecidos e conclamou a todos a participarem de ações junto ao Palácio dos Leões e Assembleia Legislativa", diz trecho da postagem.

Embora a Faema omita na matéria os ataques de Fernando Furtado aos índios, áudios vazados na internet e nas redes sociais mostram declarações de ódio e de preconceito feitas pelo representante do governador no evento.

"Lá em Brasília o Arnaldo [Lacerda, presidente da Associação dos Produtores Rurais de São João do Caru, Newton Bello, Zé Doca e Centro Novo, Aprocarú] viu, os índios tudo de camisetinha , tudo arrumadinho, com flechinha, tudo um bando de veadinho. Tinha uns três lá que eram veado que eu tenho certeza, veado. Eu não sabia que tinha índio veado, fui saber naquele dia em Brasília, tudo veado. Então é desse jeito que tá, índio já consegue ser veado, boiola, e não consegue trabalhar e produzir? negativo!", baforou Furtado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário