sábado, 12 de julho de 2014

Novas informações sobre o assassinato ocorrido na semana passada


Imagem divulgação
A Polícia já prendeu dois suspeitos de ter assassinado Nilma. Um deles é o próprio marido que há duas semanas tentou suicídio supostamente pela relação conturbada que vinha vivendo com Nilma. O outro é um suposto amante, um senhor de mais de 60 anos, que trabalhava como porteiro em uma escola da rede municipal. De acordo com as informações esse senhor teria atraído Nilma até o local do homicídio.

O blog teve acesso a imagens feitas pela Polícia Militar, mas não a permissão para publicá-las, e pelo estado que o corpo foi encontrado há a possibilidade de que antes de morrer ela teria tido relação sexual com o assassino ou com outra pessoa (pois há a hipótese de que o amante a teria seguido e ao encontrá-la com outro os dois discutiram e então ele a matou com golpes de pau e faca e o outro teria fugido do local sem mesmo saber do ocorrido), mas essa é uma hipótese levantada por pessoas próximas a ela e ao senhor.

O corpo, em elevado estado de decomposição, foi encontrado por moradores de próximo do local dentro de uma vala envolvida com dois sacos de náilon, um na parte da cabeça até o tronco e outro nos membros inferiores. Nilma estava totalmente nua e suas roupas enterradas junto ao corpo.

A Polícia Civil esteve durante todo o dia de ontem (11) fazendo novas investigações na cidade de Paulino Neves. 

O corpo de Nilma foi levado ao Instituto Médico Legal de São Luis para perícia, inclusive, pra análise do esperma encontrado no corpo, e deverá chegar a Paulino Neves para o sepultamento neste sábado.

Os trágicos casos que vem acontecendo em Paulino Neves reflete a falta de segurança que o Estado do Maranhão está vivendo a décadas. De acordo com a própria Polícia há apenas dois Policiais Militares no efetivo de Paulino Neves e em Tutóia são somente quatro. 

Salvo o engano já são três os homicídios somente este ano em Paulino Neves.

Fonte: Elivaldo Ramos

Nenhum comentário:

Postar um comentário