quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

A Cantora e Compositora de Paulino Neves Maria Helena Cabral, homenageia Donato Alves.

"Perdemos um ícone da musica popular maranhense, Donato será sempre um gênio em cada memória do seu povo, choramos junto com o povo de Axixá, a bela mocidade continua cantando para Donato, saudades”! Disse

Foto: A cantora e compositora maria helena cabral, paulino neves-ma homemenageia donato alves. Perdemos, um icone da poesia popular maranhense,(saudades) donato sera sempre um genio em cada memoria do seu povo, choramos junto com o povo de axixa,(maria helena cabral, mae de cacau dorneles e nilte dorneles,indias que dançam no boi de axixa, a bela mocidade continua cantando para donato...
Maria Helena Cabral com a indumentária do
Bumba meu Boi Brilho dos Lençóis de Paulino Neves 
Donato Alves faleceu após complicações de um AVC (Foto: Douglas Júnior/O Estado)
Donato Alves morre as 81 anos em São Luis
Um dos principais intérpretes da música maranhense morreu na tarde da segunda-feira (10), em São Luís, aos 81 anos. Donato Alves, cantador do ‘Boi de Axixá’, faleceu após ter complicações de um acidente vascular cerebral (AVC).

Ele estava internado desde a última terça-feira (4) no Hospital Getúlio Vargas, em São Luís. Em abril do ano passado ele foi internado no Hospital Carlos Macieira, após sofrer o AVC, mas recebeu alta em dezembro. Na semana passada ele foi atendido na UPA do Parque Vitória e posteriormente encaminhado ao Getúlio Vargas.

Seu velório será realizado em São José de Ribamar, onde reside grande parte de sua família.

Em nota, a governadora Roseana Sarney lamentou a perda. “A cultura do Maranhão está triste hoje. Donato Alves era um mestre na arte de compor. Com simplicidade, sabia traduzir em poesia as belezas de Axixá, do Munim e do Maranhão. Donato e sua história de paixão pelo boi estão eternizados através de sua música, cheia de emoção e alegria”, afirmou.
Donato é autor de algumas das músicas mais famosas do Boi de Axixá, como ‘Bela Mocidade’, regravado por Maria Bethânia; e ‘Essas Emoções’, regravada por Zeca Baleiro.

Bela Mocidade
Quando eu me lembro
Da minha bela mocidade
Eu tinha tudo à vontade
Brincando no boi de Axixá
Eu ficava com você
Naquela praia ensolarada
E a tua pele bronzeada
Eu começava a contemplar
Mas é que o vento buliçoso balançava teus cabelos
E eu ficava com ciúme do perfume ele tirar
Mas quando o banzeiro quebrava
Teu lindo rosto molhava
E a gente se rolava na areia do mar

Essas Emoções
Não importa a noite
De qualquer maneira nós vamos brincar
Prepare seu coração
Para essas emoções
Que traço de axixá
O importante é que eu cheguei agora
Alegre como sempre
Feliz a cantar
Canta comigo amor
Dança comigo…
Balanceia meu cordão
Eu sei que você vai gostar
Eu quero ver o vento louco
Teus cabelos balançar
Eu quero ver o vento louco
Teus cabelos balançar
Balança e dança
Balança até cansar
Quero ver o vento louco
Teus cabelos balançar
Vem meu amor
Sem teu carinho
O meu cordão
É tão sozinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário